reblog perma
reblog perma
reblog perma
reblog perma

Eu amo você. Eu amo o jeito como você consegue ver algo bom em mim. O jeito como você consegue me convencer que eu sou bom em alguma coisa. Eu amo o jeito como você me faz rir do vento, e o jeito como você me faz ter fé que as coisas podem dar certo. E eu sei que loucura ou ilusão, antes de eu nascer Deus já tinha determinado que eu seria seu, mesmo não sendo, mesmo não estando do seu lado de verdade. Nós temos uma coisa que os casais de hoje em dia não tem mais, a gente tem amor, a gente faz amor, e quando falta amor a gente constrói. A gente vive disso, bom, eu vivo. Vivo do seu amor, porque todos os dias quando eu abro os olhos a primeira coisa que eu quero é você. Eu quero você. Pra sempre, ou pelo menos por enquanto você ainda me quiser, e até depois que não quiser. Eu quero você no calor, no frio, no Brasil ou na China, de baixo de um teto quentinho ou ate se ele não existir, eu vou ser o seu teto a sua casa, e eu nunca, nunca machucarei você de propósito, mesmo que eu ache que sim, mas, não, eu nunca irei machucar você, porque você é minha vida. Você é a vida que eu nunca tive, que eu desconhecia até conhecer você e eu não vou estar aqui tempo o bastante pra fazer por você um decimo do que você já fez por mim, e ou tempo o bastante pra te fazer mais forte do que você naturalmente é. Casa comigo? Tipo agora, vou sair correndo daqui pra te ver. Abre a porta pra mim porque eu vou chegar ai em 5 minutos, ou menos. Casa comigo do jeito que você está agora, com o cabelo bagunçado e provavelmente com rostinho vermelho de chorar de saudade, ou sei lá. Foge comigo? É, agora. Vamos acampar em algum lugar, numa praia. Talvez seja pouco, mas é tudo que a gente teria agora. É o bastante pra você? Porque honestamente pra mim é. Sorri pra mim? Porque o seu sorriso é só o que eu preciso todos os dias pra continuar sendo forte por mim e por nós. Eu sempre fui muito simples, e coisas grandes demais me cegam. Eu gosto do pouco, do quase nada, porque é quando as pessoas descobrem o quanto o pouco e capaz de realizar o que o grande não é.”

"Nós" pra sempre, lembra?

Há 1 dia with 766 notas

“Eu quis escrever sobre você, sobre suas manias, sobre seu cabelo, sobre o seu olhar, sobre sua voz, sobre seu abraço, sobre tudo que inclui você. Quis escrever como eu amo tanto o seu sorriso, tanto que me faz acordar todos os dias pela manhã com aquela vontade de pegar o celular e ver aquela mensagem sua me desejando um: “Bom dia meu amor”. Eu quis escrever sobre você, sobre como eu odeio aquele seu sorriso que me faz me derreter todo depois de uma briga — que você sempre acaba me ganhando, e pelo jeito sempre vai ganhar. Eu quis escrever sobre você, sobre como eu odiava a chuva, mas você me ensinou a ama-lá depois daquele banho que tomamos após que o carro dar defeito e termos que ir a pé para casa juntos. Eu quis escrever sobre você, sobre como nós dois somos a alegria de todas as manhãs, sobre como nós dois somos a batida perfeita da melodia, sobre como nós dois somos aquele casal perfeito dos filmes de romances que acabam ficando juntos no final, sobre como nós dois somos o lápis e o papel que escrevem nossa própria história de amor e sobre como nós dois somos as canções das rádios que tocam todas as noites. Eu quis escrever sobre você, sobre como nós dois somos a combinação perfeita de qualquer coisa, sobre como nós dois somos tudo que qualquer casal queria ser. Eu apostei todas as minhas fichas em nós, para darmos certos, acredito na gente, mesmo que ninguém acredite.”

Fernanda Gomes

Há 1 dia with 7.084 notas

reblog perma
reblog perma

“Espero que você me dê apoio. Sei que a vida é muito melhor quando nos dividimos e seguramos bem forte um a mão do outro. Espero que você realmente me veja como sou. E mesmo assim me ame. Espero que você seja livre. Você não me pertence, eu não te pertenço. Estamos juntos para trocar, amar, cuidar, crescer e aprender. Você é do mundo. E se algum dia tiver que partir não vou te prender. Mas vou seguir te amando.”

Clarissa Corrêa

Há 1 dia with 153 notas

reblog perma
reblog perma
reblog perma

“Encho-me de porquês. Por que você? Por que nós? Por que o que sinto, nunca fui capaz de sentir antes? Por que você teve esse efeito sobre mim? Por que? E são tantos porquês sem respostas, que guardo-os numa caixinha. Deixando guardada toda a curiosidade que tenho em descobrir o que me fez chegar ao ponto de estar literalmente, enlouquecidamente, inexplicavelmente apaixonado por você.”

Amanda Galante

Há 1 dia with 3 notas

“Oração. Ação. Coração. Orar alcança o coração de Deus. Agindo, Ele também age. Confie.”

Há 1 dia with 770 notas

reblog perma